Turismo / Votuporanga…

RUBINEIA PARTICIPOU DA 1ª FEIRA DE TURISMO
“MARAVILHAS DO RIO GRANDE”, EM VOTUPORANGA
Realizada no Parque da Cultura, em Votuporanga, a 1ª Feira e Congresso de Turismo Maravilhas do Rio Grande teve uma excelente programação entre os dias 17 e 19/08, durante os quais contou com importantes nomes do turismo do Estado, como Vanilson Fickert (Grupo Técnico do DADETUR – Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Cidades Turísticas, órgão da Secretaria de Estado do Turismo, que faz a Análise dos Municípios de Interesse Turístico), Jarbas Favoretto (presidente da AMITur – Associação Brasileira dos Municípios de Interesse Turístico), e a participação especial dos interlocutores, Carlos Fernando da Silva (Carlinhos de Rubineia, presidente da Região Turística Entre Rios); Darley Barros Jr. (Ilha Solteira, da RT Tietê Vivo) e Arlindo Lima Júnior (São José do Rio Preto da RT Água, Saúde, Cultura e Negócios), além da Turismóloga e ex delegada do Turismo Regional, Célia Gomes.
Na abertura do evento, na tarde/noite de sexta-feira, 17/08, prefeitos, secretários de Turismo e gestores diversos dos 11 municípios da RT Maravilhas do Rio Grande interagiram com os convidados especiais, que apresentaram vídeos institucionais e falaram sobre o acertado e novo modelo de formatação na condução e gestão de suas RTs, cujo pioneirismo é da Entre Rios, copiado salutarmente pelas demais. O debate foi conduzido por Evandro Ferreira, Turismólogo do SENAC e membro da Região Turística Maravilhas do Rio Grande, que surgiu da necessidade de agrupar cidades que tinham como atrativo turístico em comum o Rio Grande. Formada a partir do desmembramento da Região Turística dos Grandes Lagos. Idealizada inicialmente pelas equipes das prefeituras de Mira Estrela, Ouroeste, Indiaporã, Cardoso e Riolândia, foi ganhando notoriedade e atraindo mais e mais cidades do entorno. E hoje somam-se 11 cidades: Cardoso, Fernandópolis, Guarani D’Oeste, Indiaporã, Meridiano, Mira Estrela, Ouroeste, Pedranópolis, Populina, Riolândia e Votuporanga. De acordo com Carlinhos, “Atualmente, o Turismo vive um grande momento. Apesar da Regionalização do Turismo ter sido criada em 2008 pelo Ministério do Turismo, a meu ver, de forma equivocada, pelo grande números de municípios numa mesma RT (26) dos quais nunca conseguimos reunir mais que 10. No entanto, por sugestão do então secretário de Turismo de Santa Fé do Sul, Beto Alcalá, criamos, em março de 2009, uma microrregionalização do turismo com 5 cidades, que deu certo e, nos últimos 6 anos os demais municípios começaram se mobilizando com mais intensidade. E um dos principais motivos dessa movimentação foi a aprovação da Lei nº 1261/2015, que instituiu os MITs – Municípios de Interesse Turístico, projeto de autoria do deputado João Caramez, aprovado na Assembleia Legislativa em 2015 e sancionado pelo Governo Paulista. Quero, na pessoa do Evandro, parabenizar a todos os envolvidos na organização desse grande evento”, enfatizou Carlinhos.

Deixe um comentário