Turismo: encontro interlocutores…

RUBINEIA REPRESENTA REGIÃO TURÍSTICA
ENTRE RIOS EM ENCONTRO DE INTERLOCUTORES
NA SECRETARIA ESTADUAL DE TURISMO, EM SÃO PAULO
Aconteceu na tarde de segunda-feira, 03/05, na sede da Secretaria Estadual de Turismo, o 2° Encontro de Interlocutores do Programa de Regionalização do Turismo do Estado de São Paulo. O secretário de Turismo de Rubineia, Carlos Fernando da Silva, que é interlocutor regional representou Rubineia e a sua região, a RT – Entre Rios, que agrega os municípios da região, inclusive Jales, além de representar, também, o Circuito Espelho d’Água, que agrega 5 municípios da Comarca, Rubineia, Santa Fé do Sul. Três Fronteiras, Santa Clara d’Oeste e Palmeira d’Oeste. “Tratou-se de um encontro entre os interlocutores das regiões turísticas paulistas para análise de informações e compartilhamento de experiências para orientar a promoção dos destinos turísticos e ampliar a profissionalização do marketing turístico do Estado. O secretário Executivo, Marcelo Costa, deu as boas-vindas aos profissionais do trade dividido entre os setores público e privado e informou que a meta da Secretaria Estadual de Turismo é transformar o turismo paulista como um produto com maior expressividade e se tornar uma referência no Brasil e no mundo. O coordenador de Turismo da SETUR, Vanilson Fickert falou sobre as macro regiões, as regiões e os circuitos. A representante do Ministério do Turismo, Ana Carla Fernandes Moura que é coordenadora-geral de Mapeamento e Gestão Territorial do Turismo, falou sobre os avanços da regionalização do turismo pelo Brasil, especialmente nos estados do Sudeste, Nordeste e Sul, que já começam a obter resultados expressivos com a regionalização”, informou Carlos Fernando sobre o simpósio onde foram abordados temas como: a função primordial do interlocutor como agente de desenvolvimento regional, as linhas de crédito e de financiamento do MTur – Ministério do Turismo. Também foram citados os novos critérios do Mapa do Turismo Brasileiro 2019, que é uma ferramenta de gestão do Programa de Regionalização do Turismo, que bianualmente cadastra municípios e regiões turísticas. Este Programa, criado em 2004 pelo MTur, tem como objetivo estruturar, desenvolver e promover o turismo de forma descentralizada junto aos agentes públicos e privados que se encontram na ponta da atividade turística. No entanto, antecipando tendências nacionais, o Estado de São Paulo já trabalhava a atividade turística regionalmente desde a década de 1990.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *