Regionalização do Turismo: Atividade do Programa de Turismo Rural realiza I Festival Gastronômico do Alto Bacuri…

O I Festival Cultural Gastronômico do Alto Bacuri foi realizado no domingo, 24/11, em Santa Fé do Sul, como atividade do Programa de Turismo Rural do SENAR/SP, em parceria com o Sindicato Rural de Santa Fé do Sul, com a 14ª turma de Turismo Rural deste Programa sob a supervisão da instrutora professora Nelsi Coelho Araújo Calazans. “Realizado pela primeira vez no Bairro Rural do Alto Bacuri, em parceria também com a Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente de Santa Fé do Sul, para complementar o Programa de Desenvolvimento Sustentável que envolve aquela comunidade, para incentivar os moradores e associados da Associação do Bairro a desenvolver atividades que agreguem valor às propriedades, a exemplo do Turismo Rural. O Festival foi realizado na residência de Sidney Roveda e foi um exercício para os alunos do curso, sendo que o mesmo poderá vir a ser um evento anual, para fortalecer a atividade turística na Estância Turística de Santa Fé do Sul e dos municípios da região. Além do cardápio que resgatou a cultura tradicional rural da região, o festival também resgatou a cultura local através de artesanato, música e costumes caipiras resgatados pela culinária. O prato principal foi a leitoa assada à pururuca, seguido de entrada de torresmo, salada verde e acompanhamentos, arroz branco, feijão gordo e farofa. A sobremesa foi à base de frutas tropicais, como abacaxi e melancia”, destacou Nelsi Calazans sobre o evento que, além dos moradores do bairro, contou com a presença de representantes do poder público, como o Prefeito de Santa Fé do Sul, Ademir Maschio acompanhado da primeira-dama Maria Lucia; o Secretário da Agricultura e Meio Ambiente, José Emídio Calazans co, a esposa Milaine, familiares e amigos dos dez alunos do curso, além de representantes do Sindicato Rural de Santa Fé do Sul, destacando o presidente Luiz Antonio Bermal e esposa, em o coordenador regional do SENAR, Emerson Assi e esposa. “Foi uma reunião festiva de domingo, resgatando o almoço caipira e familiar, e este poderá atrair o turista amante da natureza e do ambiente rural simples e acolhedor. Este é o principal objetivo do Turismo rural, que pode ser uma alternativa para o proprietário que gosta de bem receber e acolher as pessoas, contribuindo assim para agregar valor à sua propriedade e fomentar a atividade turística no interior”, pontuou Nelsi Calazans.

Deixe um comentário